História!

Esta se fazendo história, hoje é um dia memorável pra mim e pra meu grande Amigo Bruno da Cunha, pra muitos que aqui ou lá foram, viram e ouviram nosso som, valeu pela marca de 500 acessos e 580 plays em apenas 25 dias de sua criação e publicação, valeu a todos que realmente curtiram nosso som e aos críticos pela olhada de fora que as vezes nos falta pra nós como criadores, aos amigos que nos apoiaram e nos ajudaram a colocar em pratica tudo aquilo que hoje e exibido no Myspace(Os 2s). Obrigado e continuem indo e ouvindo logo mais tem novidades, é semana de feriado e aguardamos alguns convidados para possíveis gravações e novas produções com certeza estarão por lá até sexta.


Valeu

Fernando Cabral
Um d'Os 2s

Momento Cultura

ATENÇÃO:Foi comprovado em pesquisa científica que: se você beber mais de 1 litro de água por dia, durante 1 ano, ao final você terá ingerido mais de 1 quilograma de coliformes fecais que estão diluídos na água, ou seja, 1 QUILO DE Merda !! Já bebendo cerveja... você não corre esse risco uma vez que esses coliformes não sobrevivem ao processo de produção da cerveja !!!

olha ai o link de onde estão todas as informações : Cerveja

...Intensidade...

Como descrever um fim de semana como esse?Trabalhar?Virada Cultural?Responsabilidades?

Tudo isso em 24h sem descanso para nada, dormir luxo dos bem providos, sono sonho de consumo, festa minha endorfina,adrenalina e um dose de loucura generalizada. Vou direto ao assunto e ao começo.


Começo por uma sexta-feria de Happy hour com alguns amigos desempregados assim como eu, é claro que tinha alguns empregados, mas o mais interessante é que eu ia trabalhar as 5 da manhã, encontrei meus amigos no boteco aqui perto de casa, onde nos reunimos pra jogar sinuca e tivemos lá partidas emocionantes cheias de rivalidade e cheias de amizade. Cheguei me casa por volta da 1 da madruga e fui comer e tomar um banho pra dormir mais relaxado, me lembro de ter olhado o relógio e ver marcar 1:23 pouco antes de deitar, assim começou meu sábado que só acabaria num domingo as 6:25 última hora marcada no meu celular pra eu acordar, isso mesmo, fiquei pouco mais do que 24h no ar, em atividade totalmente, muitas coisas engraçadas aconteceram durante todo esse tempo, mas o que vale mesmo ressaltar foi o Maravilhoso Show de Sá, Rodrix e Guarabira no Teatro Municipal de SP, algo que foi fora do normal pra mim, quando tocaram Zepelin cantei junto todos os acordes e acompanhei a letra do começo ao fim(Hoje abri um livro antigo, que mostrava as maravilhas inventadas pelo homem há 90 anos atrás...) e que realmente passear de Zepelin, madruga a dentro foi essa sensação de dever comprido e de que só faltava agora um grande Finale.

E chegamos ao domingo acordei surpreendentemente as 10:30 da manhã e não consegui fazer muita coisa a noite tinha acabado comigo, enrolei até exatamente as 12:30, desci da cama e fui fazer meu afazeres de fds( arrumar a casa, lavar a louça suja e fazer o almoço) tudo feito eram 14:30e já estava pronto eu tomei um banho novamante e me senti jovem( dá pra acreditar jovem)renovado, sai a procura dos amigos ao qual marcamos a ida ao grande Finale, sim ele nos esperava Jorge Ben Jor, chegamos lá as 16:20 e o show só começaria as 18h, mas pra gente não importava estávamos na frente do palco, no meio do publico, a alguns metros de distancia dele o

Grande Jorge!2 horas de pura sensação de chegou ao fim, mas que vida maravilhosa eu tenho e que pena por aqueles que não conseguiram ou não puderam estar aqui, agradeço esse fim de semana aos meus amigos e companheiros de grande fim de semana por essa maratona de acontecimentos intensos!



Fernando Cabral






Sono de Uma Noite de Outono...

Noites em claro que me perseguem
me fazem esquecer o meu objetivo,
que é tão claro e tão óbvio
que deixa de ser interessante pra ser,
só mais um instante,
de uma vida sem muitas aventuras
ou desventuras de qualquer coisa
que motive essa grande roda gigante girar,
esse processo criativo
que qualquer ser pensante passa,
é sempre interrompido pelo inevitável e nada contagiante
Sono de Uma Noite de Outono...
...sono que perdi a madrugada a fora que despertou
do repouso, do casulo, do instante de clareza do que sou
e do que não sou, do que posso e quero ou não ser
esse é só mais um bafo da manhã
quente e desrespeitoso em que me vi
mais uma vez pronto
para ser o nada que nunca quis ser


Ps.: Stone Temple Pilot...Tiny Music 1996

Minha Programação na Virada Cultural

Olha ai onde estarei nesta Virada Cultural !

Teatro Municipal
00h00 - Passado, Presente, Futuro (1972)
Sá, Rodrix e Guarabyra

Palco São João
03h00 - Os Mutantes
06h00 - The Gladiators

Rock República
12h00 - Cachorro Grande
14h00 - Arnaldo Antunes
16h00 - Lobão

Palco São João
15h00 - Orquestra Imperial
18h00 - Jorge Ben Jor

Ps.: Os 2s

Humhumham...

"..hoje resolvi voltar pra ficar..."
"..só hoje..."


há dias penso no que tenho a dizer aqui, tenho andado muito ocupado com o My space e com esse projeto que finalmente anda alguma coisa, fico pensando em qual pé estou com isto aqui, blog, diário, confessionário,..., vou fazer uma constatação!


Uma menina mulher
Seu cheiro me transporta pra longe
a quilómetros que o sinto
vejo em minha cabeça
imagino, você

Linda como sempre
e sempre com aquele sorriso
me marca e me deixa sem chão
mas quem quer chão
com um sorriso desse

Cabelo sempre solto e brilhante
Negro, essa é e melhor definição pra ele
pelos ombros esse seu comprimento e seu volume
escorre pela sua face e o torna
jovem e esclarecedor

há tempos não te via assim
hum esse perfume que ele exala
me deixa com um frio na barriga
ai então vem seus olhos
castanhas com mel

Doce muito doce esse seu olhar
me deixa embriagado só de olhar
me penetra e me tira a realidade
me ilude me deixa confuso
e cheio de certezas abstratas

sim suas sobrancelhas
desenha o seu rosto
como se fossa uma boneca
ao qual eu ainda não consegui tocar
pegar, beijar, brincar e guardar
e se me deixa-se Amar

seu rosto, casa da minha verdade
me faz pensar que o resto e só o resto
que o corpo o físico as curvas
tanto faz, vale a pena só de olhar pra ele
apaixonante como chocolate

Morder, vontade que tenho
todas as noites
em que você habita meu sono
meu sonho, minha incerteza
cheiro de beleza

seu pescoço me leva
ao espaço reservado ao sexo
não que o sexo, não esteja em seu olhar
mas eu reservo lá pra enxergar o meu amor
prefiro guarda este espaço para isso

seus seios perfeito ao meu desejo
seus braços fortes para me abraçar
suas mãos macias e delicadas
com unhas afiadas pra me arranhar
as costas e o peito

sua barriga em forma, que só de olhar
elejo como prato principal
que fica entre o Amor e o Prazer
entre a vida e a ilusão
entre o sonho e a realidade

suas pernas, como falar no tamanho ideal
pra me encaixar
pra me prender e me abraçar
lisa e macia onde meus lábios podem passear
beija-las seria ir ao paraíso

vou parar por aqui e voltar à solidão
o que falta dizer de você
e que você é ainda é um sonho
mas que, quem sabe um dia
possa ser uma realidade

sei que termino de forma não poética
isto que pode ser um poema ou
ainda uma carta de amor
mas peço para parar porque meu sentimentos
estão sangrando nesse momento

e que esse seja o começo
de um outro momento
onde me liberto desse desejo...


Ps.: Os 2s

Uma nova emoção...

Uma nova emoção, desculpe pela sumida, venho aqui informar que lancei uma pagina no My Space e por isso dei uma sumida do blog, mas pretendo voltar assim que lá já estiver tudo pronto e tranquilo como aqui tenho coisas novas a escrever e divulgar aqui, sempre!!!!


bj e Abs a todos que aqui frequentam !!!


Ps.: volto logo

Há uma semana...

Começo essa história do fim, o que começo não tem tanta importância assim no final, afinal tudo acabou como tinha que acabar!

-Até mais, se eu não tiver tenha um bom fim de semana!(como assim, já citando que quem usa essa expressão como Piada Diogo Portugal).
-Então se agente se ver o fim de semana vai ser uma merda?

é essa piada foi a resposta que usei pra quebrar aquele gelo naquela hora, podia ter apenas dito tchau, mas achei importante frisar que queria vê-la no fim de semana e não ficar longe, sentir seu perfume, o cheiro de seus cabelos e em todo o seu corpo todos os cheiros maravilhosos em que me embriagava cada vez mais, o meu suplício era nítido, escancarado, tudo ali na cara dela, e ela, olho-me pela última vez e foi embora junto com a luz que a ilumina, brilhante e muito quente, transborda tudo e todos que estão a sua volta, será que ela é uma extraterrestre? é todo esse contentamento descontente que pode se resumir a uma relação de "Amor Platónico", as vezes eu acho que me auto-avalio o tempo todo, perai se é " Amor Platónico" e eu sei disso porquê sofrer tanto, o Tão pouco as vezes me contenta e me faz querer o mais do mais. Chega!
Não quero mais saber de amar ninguem, afinal eu jaá me amo o suficiente pra ser complicado e chato, outra pessoa pra fazer isso por mim seria sado demais.


Ps.:Bid -Bambas e Biritas - Fora do Horário Comercial - " se quiser me ver só depois das seis"

O dia clareou, o galo já de longe cantou,
calando os vagalumes,
eh hora agora, eh hora
Vou ter que trabalhar,
Não posso mais sonhar com você,
A minha vida inteira,
sozinho assim, sozinho assim, sozinho
Eu fiquei esperando amor
Parado bem aqui
A cama esta desfeita amor,
mas eu não dormi
No piso o desolado pó
Espera por seus pés
Ainda estou a te esperar,
mas só ate as 10.
De calça e paletó
Sapato em cada pé, calcei
Mas se você chegasse eu
Ficava aqui, ficava aqui, ficava
Mas tenho o que fazer
Vou ter que deletar você
Por que vc não veio
Agora adeus, adeus, agora adeus
Você disse que vinha amor
E eu acreditei,
Podia arrumar outro alguém,
Mas não arrumei
Eu vou andar pela cidade eu vou
A pé, livre de ti,
mas se vc quiser me ver
So depois das seis
E se ainda me quiser,
Só depois das seis
E se vc resolver aparecer
Eu volto depois das seis
Fora do Horário Comercial

Vários sons!

O seco e o molhado
o áspero e o aveludado
de longe reverbera
o grave e vem o som

som da mente
nada sã e doente da razão
solta pela boca
palavras que contradizem
toda a situação

sofrimento som e imagem
do agudo som da alma
onde todas essas palavras
traduzem o verdadeiro

Som do não!

De longe onde reverbera o grave,
vem o som, não!




Fernando Cabral Ps.: um pouco pessoal, mas acontece!

Um sentido!

Era tarde e não queria chegar novamente atrasado aquela reunão, resolvi usar uma das minhas super habilidades e chegar logo, e lá estava eu sentado na poltrona revestida de veludo vermelho e na hora, não é sempre que eu uso meu poderes pra esse tipo de coisas, mas ser um Super Homem tem essas vantagens, já era quinze para as cinco da tarde e tinha que voltar pra preparar o jantar, ela não gosta que eu atrase o jantar dela, afinal trabalhar fora é muito desgastante tem o chefe, os supervisores, os colegas puxa-saco, os pé-no-saco e ainda os falsos, nossa deve ser mesmo uma guerra, prefiro ser mesmo dono-de-casa. Ih são cinco horas e eu ainda estou aqui, vou ter que me superar mais uma vez, ela me pediu pra fazer cordeiro assado e macarrão ao molho branco, ela sabe que detesto cozinhar esse tipo de comida, gosto de arroz e feijão, isso sim que é comida de verdade, por isso ela semrpe pede essas comidas só pra me fazer ficar sem fome, acho qeu ela gosta de mim be mamgrinho, vou passar no supermercado e comprar um vinho pra justificar o atraso, talvez um chileno, um Concha y Toro ou seria melhor um português Casal Mendes semi-seco, é ela vai adorar a surpresa do vinho assim ganho tempo pra terminar o jantar. Deixa eu ir embora, porque sete horas em ponto ela chega, hoje eu não quero aborrece-la e dormir na sala de novo.












Foto tirado do site Revista do Brasil
Eustaquio










Ps.:Slipknot, nem parece neh!