O grande sabor!

O grande sabor!

Essa noite pensei muito sobre, qual era o grande e verdadeiro sabor, não o mais doce ou mais salgado ,mas sim aquele que meu paladar sente falta a todo momento. É também não sei se sinto falta a todo momento, porque a todo momento eu tenho um sabor diferente, talvez a pergunta seja qual sabor me agrada mais? É , é isso mesmo que sabor me transforma, me tira da neutralidade , me eleva e me deixa perdido, qual sabor que me deixa confuso, inquieto, pensativo. Será que é o beijo, chocolate, maça, café, da pele, do pescoço( você já provou um pescoço?), bacalhau, não churrasco(delicia), do pão quente, do queijo, do conhecimento, das frutas colidas no pé, mas tudo e tão bom assim. Tudo o que me veio a toda são momentos em que o sabor se misturava com o prazer, a felicidade e a alegria, pode ser que a resposta da minha pergunta talvez seja ela mesma. O Sabor que mais me agrada é o que. Sim o conhecer, o descobrir, o redescobrir quase tudo me agrada.




Ps.: Hoje ouvi muito Zeca Baleiro e Arnaldo Antunes, talvez na próxima eles me inspirem mais para um poema ou algo parecido!

6 comentários:

imnotinsane disse...

Ai eu gostei deste texto!!!
O sabor de um beijo é tão bom...!!! :)
***

Camilinha disse...

hummm... delícia poder sentir no paladar tantas palavras assim, saborosas...

beijos daqui...

Gabriele Fidalgo disse...

Detalhes e coisas simples que possuem sabores únicos e são capazes de transformar momentos.

beijos.

Ps: Em relação ao meu post de hoje...
nem tenho raiva assim não. É mais uma brincadeira mesmo, de acordo com uma teoria minha e de uma amiga.

Beijos.

a clara menina Clara disse...

eu fico com o descobrir!

Camila disse...

Eu fico com o sabor da incerteza, que não é dos melhores, mas é o que sempre me acompanha.

Juliana.Campos disse...

o que será que acontece se a gente misturar todos os sabores!?

/adorei o post! =)